terça-feira, maio 29, 2007

partículas subatómicas


Uma dúvida assalta continuamente a minha alma [xD]: os fotões, afinal, têm ou não têm massa?

Se sim, então como é que a fórmula de Einstein poderá fazer sentido? Se E=mc2 (E: energia, em Joules; m: massa mo corpo, em kg; c: velocidade da luz no vácuo – aproximadamente 3.108 m/s), e se os fotões são energia no seu estado mais puro, Einstein estava errado.

Pelo contrário, se os fotões não têm massa, então como são atraídos pelo poder gravitacional dos buracos negros? Sim, porque a força gravítica apenas actua num corpo com uma determinada massa!

Hum… ah, e se souberem porque é que os professores de Físico-química simplesmente não respondem a esta questão (ou se respondem são ambíguos, não dizem com certeza a resposta) -.-

Fiquem bem! =D

9 comentários:

César (: Just Smile :) disse...

Os fotões têm massa sim senhor... agora se essa massa é igual a 0kg ou se é superior, isso já não sei ;)

Espero que te tenha esclarecido.

César (: Just Smile :) disse...

0Kg ou 0.000000Kg já depende de ti!
Queres usar uma balança de pesar camiões ou usar uma balança de super precisão para pesar o fotão?

Sabes uma coisa? Dedica-te à pesca ;) assim não precisas de pesar fotões!

Esqueci-me de te dizer uma coisa... não tens fôlego para nadar 5572Km? É assim como quem vai ali e volta... Vais ver que consegues :)

Dinar al-Khattab disse...

Isto é assim,a radiação electromagnética pode ser descrita por uma sobreposição de ondas electromagnéticas que têm uma expressão matemática através das funções trigonométricas seno e coseno. Mas podemos ainda escolher uma descrição alternativa ou complementar através de partículas sem massa - os fotões.

Assim, o fotão é uma partícula pontual sem massa caracterizada pelas mesmas grandezas que uma onda de radiação electromagnética. Sendo assim, o fotão terá de ter um comprimento de onda, uma frequência e uma velocidade.

Da mesma maneira que as partículas com massa podem ter uma velocidade e uma energia, para que a correspondência entre partícula e onda seja absoluta teremos que definir também uma energia para os fotões.

Ora um fotão ou quanto de luz é uma onda electromagnética do tipo seno ou coseno, com um comprimento de onda bem definido, velocidade c e uma energia

E=h w =h c/l (relação de Plank)

em que h é a constante de Plank (h=6.62 10-27 erg). Esta relação de energia pode ser encarada como a energia cinética de uma partícula com massa. No caso de uma partícula com massa m e velocidade v, a sua energia cinética é E=mv2/2: quanto maior a sua velocidade, maior a energia necessária para colocar o sistema em movimento. No caso dos fotões, quanto maior a sua frequência mais energia é necessária para os produzir (através de correntes electromagnéticas).

Da mesma maneira que a energia cinética das partículas com massa está associada à temperatura, a energia dos fotões também está associada à temperatura.


Percebeste ou queres que te faça um desenho.lool

Dinar al-Khattab disse...

Era este o poste que eu ia gostar ou ainda não era este? É que deste eu até gostei.

Francis disse...

Não sei. Resposta Socrática (do Filosofo, não do Primeiro-Ministro). A única coisa que te sei dizer é que, caso os Fotões não tenham massa, então eu também sou um Fotão porque estou como a maioria dos portugueses; Sem Massa, liso, teso!!!

Sophia, desculpa que te diga, mas essa fotografia... tão pálida! Isso não é normal! Então e as olheiras?!

:-)))

César (: Just Smile :) disse...

pelos vistos a tua dúvida vai-se continuar a manter... :P
é daquelas existenciais ;)
Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha?

marcelo disse...

O fotão é uma partícula elementar que se distingue das outras por ter massa 0. Isso já foi provado tanto experimental como teoricamente que a massa é exactamente 0. Agora o problema surge quando se quer definir uma "massa relativistica" (based upon E=mc2) para o bicho!
Neste caso, há quem defenda que o fotão tem uma massa relativistica (porque lembrar que massa e energia são diferentes formas de apresentação da mesma coisa) igual a E/c2 em que o E representa a energia do fotão (cinética + potencial + etc + afins + rebuçados).

Ou seja, as 2 ideias são compatíveis!

Tiago disse...

Bem... acho que entraste no mesmo dilema de Einstein nos últimos anos da sua vida... Esta incompatibilidade entre Mecânica Quântica (a física microscópica) e a física das grandes velocidades e grandes dimensões (física macroscópica)... Hoje estão-se a estudar várias teorias que possam servir... todos os físicos procuram a teoria do tudo que nos possa levar à resposta final ;). É por isso que eu vou estoirar os meus miolos... para me juntar a esses milhares de doidos que andam à procura dessa resposta!

LOL

Pá! Nem de propósito, tenho teste sobre isso hoje ;)

O_anticristo disse...

Um vídeo que este pessoal, apaixonado pela física como eu, presumo, deverá gostar:

http://www.youtube.com/watch?v=DfPeprQ7oGc&eurl=http%3A%2F%2Fwww%2Emensa%2Dpt%2Eorg%2Fforum%2Findex%2Ephp%3Ftopic%3D3061%2E0

Pode parecer infantil, mas não o é. Está mesmo muito bem explicado.
Peace ;)